segunda-feira, 1 de setembro de 2008

sentilena


sinto muito, meu amor,
a minha falha memória,
o meu passado sem glória,
todo esse estupor;
o meu estado de choque,
a velha falta de tato,
e minha alma sem retoque,
nunca me deram ibope.
sinto muito, meu amor,
a minha falta de sorte,
o meu futuro sem norte,
esse meu isso ou aquilo,
em tudo que às vezes calo,
verdade, não tenho estilo,
escreva o que eu não digo,
prefiro viver de estalo.
sinto muito, meu amor,
a minha falta de assunto,
o meu dito pelo não dito,
se eu não aprecio Caetano,
nem acho Chico tão bonito,
se o meu cigarro incomoda,
e aquele jeans esquisito
já anda fora de moda.
eu sinto o muito, meu amor,
ah como sinto,
e serei sucinto ao dizer,
que a minha vida,
de tão pequena,
não cabe mais em você.
foto: bruno abreu.

15 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

isso sim é uma bela maneira de dar o fora, poeta é poeta, o resto é balela...

lindo dia querido
beijos

*Chico é lindo,lindo e lindo ;-)

Tina disse...

Oi Múcio!

Essa fez doer, de verdade. Fundo.

Saudade de ti. Não some, tá?

beijos querido, ótimo dia.

Lindsey Rocha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lindsey Rocha disse...

olá!
obrigada pela visita!
que bom que gostou da pista de skate - foi o que mais gostei de escrever nesse texto!
gostei do seu tbem. especialmente o final. pode ser uma música, não?
beijos

Atriz disse...

que maneira mais linda de dizer: "adeus, nao me procure nunca mais!"

tinha de vir de alguém especial msmo, ne poeta do meu coração?!

beijo, muitas felicidades! Gisele

Jake disse...

Ah Múcio... Lindamente devastador!

Beijoooo

Déa disse...

O poema é inspirado com certeza! Mas me deixaria muito mais arrasada ao receber um fora desses. Rss
Beijos
PS - Quando der, diz como está.

Sandra Regina de Souza disse...

Eu sinto muito... quando eu sinto... eu sinto Múcio... gostei da naturalidade...rs... beijos, poeta

IsaBellinha disse...

Lindo. Sempre que volto aqui é assim e é tão feliz!

:D

:******

Sandra Regina de Souza disse...

PS... o seu texto para o meu "texto sentido" está no site da Livraria Cultura...rs...
OBRIGADA!!!!!! bj

Camilla Tebet disse...

"escreva o que eu não digo,
prefiro viver de estalo"
Que jeito bom, suave e educado, além de criativo de dizer bye bye, be happy. Gostei. Clareza criativa.

adelaide amorim disse...

Poema objetivo, coisa difícil de conciliar, mas muito útil, né?
Quanto a Chico e Caetano, protesto veemente.
Beijo e obrigada pela visita

geo. disse...

ainda bem que hoje tirei um tempo pra passear pelos quatro cantos desses blogs e achei o seu.
na verdade achei o blog de 7 cabeças, gostei muito dos seus textos e acabei por aqui.
me alegra saber que agora, eu tenho mais palavras pra salvar os meus dias.

gostei mesmo, em especial deste de hoje.

parabéns.

Giovana

Aline Aimée disse...

Finalizou perfeitamente!

Mi disse...

Comentários são desnecessários, mas perco (ou ganho) meu tempo dizendo que estou encantada...