sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

céu de papel


               ela
me pediu
uma canção,


que falasse
de luz
no refrão.


rabisquei
um poema
com gosto de céu,


um breve
punhado
de estrelas,


caindo sobre o papel.




foto: getty images.

14 comentários:

Múcio L Góes disse...

caríssimos companheiros de letras, é com alegria que venho agradecer por mais um ano juntos, vcs aí, eu aqui, no doce disseminar da poesia. obrigado a quem comenta, a quem apenas lê. é muito bom saber/sentir que um mínimo verso que seja, lido aqui, toque o coração, arranque um sorrisinho, afaste um pensamento chato do dia de uma pessoa. poesia serve pra isso, tbm. não esqueçamos de exercitar o "poeta" que mora dentro da gente, mesmo que este nao escreva, pois, basta-nos ser tolerante, generoso, educado com o próximo, que isso vale um poema. vamos lá, gente! vamos fazer uso da poesia como agente trans/formador, "vamos nos permitir!". plante uma árvore, visite um asilo, doe seu tempo "ocioso" pra alguém. "muito obrigado", "desculpa", "bom dia", "como vai?"; use seu melhor sorriso, divida com o outro, e cuide muito bem de si mesmo! mude, e mude-se!

Obrigado, queridos!

Feliz 2008!

bjss!

Marcela Bertoletti disse...

Adorei esse ultimo poema tb!
Lindo como os outros.
Posso colocar o seu blog na lista dos que eu leio? Gostaria muito, e fica mais fácil pra acessá-lo!
Bom 2008 pra vc tb!
Um beijo

Marcela

poetamatematico disse...

Nussa...

Belo poema...

Li como um samba bem pra frente...

E, pô...

O comentário tb...

Valeu, valeu..

Carlinha disse...

Sempre passo
nem sempre deixo rastro...

Vim dizer coisas boas pra 2008 e acabei recebendo um punhado de estrelinhas...
Como se não bastesse, encanto-me mais uma vez por letrinhas saltitantes de uma forma diferente, aqui, meio escondida. Quem sabe era um avesso do verso?

Vários brindes em 2008
e muito mais "amor, arte e I-MA-GI-NA-ÇÃo!!!!!!!" (frase giramundiana)

Márcia(clarinha) disse...

Você é especialíssimo, obrigada por mais um ano de palavras!!
Feliz Ano Novo poeta querido,carinho meu para todos os seus
beijos

Tina disse...

Oi Múcio!

Adorei o poema e o comentário que vc deixou! Obrigada mesmo.

Feliz 2008, muitas alegrias.

beijos querido,

Alexandre Souza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexandre Souza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexandre Souza disse...

Múcio é um divisor de águas,antes de lê-lo você é um,depois de lê-lo você será outro.Não precisa ler muito...basta ler Múcio!

Alex Pinheiro disse...

Agradecendo o ano novo de presente,,, Esse que também acredito novo...
Em canções mil que vão falar além de luz, além de tudo, de nós...
O ano que já nasceu tem muito espaço pra nossa poesia alargando o universo mórbido...
Um prazer imenso somar poesia contigo, Múcio... Obrigado!

Abraços e musicais invenções!

Luzzsh disse...

Oi lindo amigo,

Poema lindo, feito vc. E assim espero, seja o seu 2008, bonito e farto de luz, estrelas e outros brilhos.

Saudades gigantescas,

Beijos maiores ainda,

223

Juℓi Ribeiro disse...

Múcio:

É a primeira vez que te visito
e fiquei encantada com os teus versos.
Que coisa linda...
Parece que cada palavra sua
tem o dom de se transformar
em poesia.
Você permite que eu linke
seu blog ao meu?
Seria um prazer.
Um abraço carinhoso e feliz.

Remo Saraiva disse...

Simples e bonito! :)

Abs,
REMO.

* hemisfério norte disse...

céu de papel
em papel estrelado
poema de luz
refrao de pastel