sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

faltografia


                    você se foi
e aqui
faz tanto frio,


trago
a janela fechada,
e o porta-retratos


vazio.



foto: hugo tinoco.

37 comentários:

Márcia(clarinha) disse...

solidão dói na pele e no coração...
dias lindos poetinha
beijos

Alexandre Souza disse...

Poucos falam tanto com tão poucas palavras.

Valeu Múcio!

Fabio Jardim disse...

o título, mais uma vez,
um poema completo.

e o poema, que muito fez,
no seu canto quieto.

* hemisfério norte disse...

No dia que eu chegar aqui e não gostar.......ñ sei o q acontece :)
Brilhante como sempre.
bjs
a.

Valéria disse...

fico pensando que quando a gente "perde alguem" a gente perde um pouquinho da gente(provavelmente temporariamente)... por isso esquece que o calor ta na gente...
beijo seu... seu... seu poeta!

poeta matemático disse...

Ahn...

Vazio...

Vazio

Anônimo disse...

AAAAAAAAAAhhhhhhhhhhh Múcio e sua inteligência perspicaz!!!!!!!!

Incomparável!!!!!!!!!

Sempre um prazer, sempre.
beijo, Gisele
www.vivervalelapena.blogspot.com

Remo Saraiva disse...

Dor concisa em molduras de sem-contornos!

Abs,
REMO.

Duda disse...

hahahaha
eu não sei... o poema está bom, mas não me chamou muita atenção... gostei mesmo foi do título hehe
abraços!

IsaBellinha disse...

Coisa mais linda prum comeco de ano...



:D

Marcela Bertoletti disse...

Linda Poema!
Adorei!

Beijo

Thin White Duke disse...

lindo!
linkando esse blog ao meu!

parabéns vizinho, grande poeta você é

Alex Pinheiro disse...

Um profundo fundo,,,
Uma poesia que dispensa porta-retratos,,, e não falta em grafia...
Belo, Múcio,,, mais uma vez!

Abraços e geniais invenções!

Pedro Pan disse...

, mesmo vazio o porta-retratos conta suas histórias...
, abraços meus e feliz 2008!

Déa disse...

Menino.. Chorei... E vou copiar.. Beijos

Octavio Roggiero Neto disse...

teus versos, sempre instigantes, são convites irrecusáveis pra sonhar junto, sentir mais. adoro tuas "traversuras"!

* hemisfério norte disse...

n tenho conta
mas tenho endereco electronico caso me queira contactar
aochocolate@gmail.com
bj
a

Jake Mello disse...

Fico é abalada, com o sumo que tira dessas palavras.

Mistério! Como acende tantas estrelas dentro da gente,com seus uni-versos ?



Obrigada ;)

Bjo

Déa disse...

Querido, duas coisas: primeiro, te copiei lá no blog. Segunda, por favor, atualiza o link do meu blog: deamachado.blogspot.com

Beijos sempre! Obrigada pelo carinho

BABI SOLER disse...

Adorei seu espaço.
Boa semana!

Leandro Farias disse...

lindo lindo!
o frio da saudade queima, já disseram!
e é verdade!
:**
sucesso pra ti(o Múcio)!

Luzzsh disse...

Oi lindo...porta-retrato vazio, coração sempre cheio. 'Inda mais o teu, que é enorme...

Saudadebeijos...
(Te escrevi e-mail) :)

Lua Durand disse...

ela vai sentir saudades e vai voltar.

voltar para o porta retrato, para o abraço apertado, e o velho cobertor de lã para dois.

você vai ver.

-

au revoir.

Leandro Jardim disse...

bonitristiiiinho... hehe

Salve grande Múcio, sigo aguardando o livro, hehe

abs
Jardim

O Sibarita disse...

Olá meu camarada! É isso, a paixão estravasada na saudade em belos versos!

abraços,
O Sibarita

Sandra Regina de Souza disse...

Pora-retrato vazio... coração pleno de saudades... doendo! beijo

Atriz disse...

Oi Múcio! Não to usando mais o blog antigo porque perdi minha senha!

agora to neste endereço e espero sua visita!

http://www.inventandoagentesai.blogspot.com/

beijo! Gisele

moacircaetano disse...

...porque fotos são substitutos pra memória...

distrações disse...

teus poemas ultimamente (aki e no fotolog) tem sido curtos e diretos!
Gosto de coisas assim,
principalmente qdo nos fazem pensar.

Tina disse...

Oi Múcio!

Que linnnndo! Parabéns mesmo.

beijos querido e boa semana,

..::Andressa::.. disse...

poucas palavras mas emocionantes!!
lindo blog!

abraços

barb michelen disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Saramar disse...

Falei outro dia sobre retratos tortos, deixados pela ausência.
Seus versos choram em quadros vazios...

Lindíssima delicadeza de grande poeta.

beijos

Luzzsh disse...

Oi lindo,

Hummm...tá sumidinho dessas bandas...não faz isso muito tempo, não...(embora eu esteja feliz por imaginar qual possa ser o feliz motivo do sumiço)

Te mandei e-mail no seu níver, vc recebeu?.....

Beijos, querido, fique bem...

Cristina disse...

Como sempre, um daqueles poemas lindos, lindos, lindos, que me serve na perfeição...

A saudade dói, Múcio, e gela, gela demais...

Como o dizes bem...

Beijos.

Cristina Loureiro dos Santos

Anne Baylor disse...

ainhnn..
Que doce isso.
Tô apaixonando por cá..
Não vou deixar mais.


=]

líria porto disse...

reme reme
líria porto

o momento congelado
preso na fotografia
é um lance do passado
como a carta que te envio
quando a lês estou mudado
e a tristeza que havia
poderá não existir

o tempo é rio

*

gostei muito dos teus versos! e bota muito nisto!!!