sábado, 15 de dezembro de 2007

alter nativo


                 chega
desse mundo,
onde dois
sempre será
o resultado
de um mais um,


vem comigo,


vamos fugir
desse lugar


comum.

 
foto: sergio fernandes.

16 comentários:

Anônimo disse...

com vc eu vou.

beijo.

david santos disse...

Passei para desejar-lhe um bom final de 2007 e um bom ano de 2008.

Aproveito para LHE pedir que participe na blogagem colectiva que se realiza amanhã, dia 17, em prol da menina Flávia

Duda disse...

hehehe adorei o final.
achei bem divertido o poema
abraços!

Lua Durand disse...

bonito o poema.

simples palavras, complexo resultado.

beijos, au revoir.

Tina disse...

Oi Múcio!

Se continuar a dois, eu fico. Com mais um, estou fora.

Gosto de ler você.

beijos querido,

  disse...

Adoro lugares incomuns,
E como detesto matemática! hehehe
Inda bem que somos possibilidades,,,

Abraços e territoriais invenções!

Poeta Matemático disse...

Você e suas palavras que sempre dizem mais...

Fugir é bom...

Fujamos...

Mesmo que seja dos nossos próprios mundos, lugares...

Márcia(clarinha) disse...

O que aqui não tem é lugar comum, por isso gosto tanto daqui e de quem faz desse espaço um mundo tão único,admiro o poeta, gosto do Múcio.
Feliz Natal!!
felizes dias
beijos

fabio jardim disse...

como sempre, um poema de um gume afiado.

paulo vigu disse...

Cuidar e permitir o amor. Ter paz ser zen. E amar.
Bom natal - Grande Virada. 2008 - Lá vamos nós. Beijo, poeta! Riodaqui aí

Sofia Loureiro dos Santos disse...

Boas festas.

Leandro Jardim disse...

"diliça!"

(l' excessive) disse...

Múcio!
Que você continue em 2008 criando poesias como esta.
Sou sua fã
Um abraço

* hemisfério norte disse...

UM BOM ANO 2008
bjs
a.

Marcela Bertoletti disse...

Adorei esse blog!
Principalmente o último poema, lindo!

Um beijo

Marcela

Alê disse...

Belo!
Deixo votos de um ano novo cheio de realizações e sucesso.
Beijos*