quinta-feira, 3 de maio de 2007

mundana


lá vai Ana
pelas ruas de Havana
com suas havaianas,
dançando uma rumba,
uma salsa cubana,
lá vai Ana,
em plena Copacabana
com suas havaianas,
dançando um samba,
um funk, um pop,
lá vai Ana
dando ibope,
com suas havaianas
por Nova Iorque,
dançando um reggae,
um rip-rop,
de Budapeste a Bangcoc,
lá vai Ana
com suas havaianas
de norte a sul,
dançando ciranda
e maracatu,
pelo mundo
sendo festejada,
porém nada,
nada é mais bonito,
do que Ana descalça
dançando sozinha
na minha calçada.
foto: getty images.

29 comentários:

clarice disse...

e a beleza é tão mais pura
quando o solo toca
e se lambusa
abraço Múcio

Márcia(clarinha) disse...

Ainda bem que Ana caminha dançando levando cor e alegria na sola do pé.
poeta querido, saudades
beijosssssssss

poeta matemático disse...

kkkkkkkkkkkkkk

Parece propaganda das Havaianas

Fala sério

Mas muito bom, como sempre

Abraços

josephluiz disse...

Show

Kaká disse...

bacanudo demais, múcio! 'inda mais por se tratar de "Ana", gostei demais!! :) ficou um "chuá" de lindo! beijo no coração!

Valéria disse...

ai ai delicia de poema... quase toca enquanto dança...
beijo seu sumido bobo

Tina disse...

Oie!

Andar de havaianas, sua Ana. Em verso e prosa. Merecedora de prosa, de versos, poesia. Lindas.

beijos querido,

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Delicioso, Múcio!
Fez-me viajar dançando... Lindo!

Beijos :)

diovvani mendonça disse...

E lá vai Múcio, tecendo poesia - vidadentro. AbraçoDasGerais.

P.E. respondi ao seu e-mail.

paulo vigu disse...

É Ana - moça-propaganda - mostrando ao mundo que as havaianas, realmente, não soltam as tiras e não deformam, mas quando se assanha assim na calçada do poeta é Ana querendo ser feliz.
Poeta-irmão, não suma não. Riodaqui.abraço.saudade.Paulo Vigu

Rayanne disse...

Eu vou com Ana.
Valsando os versos
do poetamado
No mundo encantado
Que o poema estendeu em mim.

**Estrelas sempre, amo!**

Sandra Regina de Souza disse...

Gostei da música...rs... me deu vontade de ser Ana e dançar pra vc!! Beijos bailarinos... (estou com dificuldade par conectar-me ainda... demoro, mas sempre venho!!!) beijosssssss

Pedro Paulo Pan disse...

, ana dança o que tocar. com ou sem suas havaianas...
, abraços meus.

Jefferson P. disse...

lá vai Ana... em completa alegria,
dançando, cantando, encantando...
vestindo a eterna magia de vivenciar a linda melodia mundana...
lá vai Ana.



Abrçs.

Pedro Paulo Pan disse...

, estrelas. estrelas. de ponta cabeça...
, abraços meus.

IsaBellinha disse...

Que delícia esse poema!

Marla de Queiroz disse...

Celebra-ação!!!!

Beijos todos tantos.

diovvani mendonça disse...

Cá estou, em busca de novas palavras. Mas Ana ainda está por aqui, desfilando com suas havaianas. AbraçoDasGerais.

P.E.: Fiz o depósito - 55,00.

vanessa_fmc disse...

Chave de ouro! Não canso de me encantar com a sua simplicidade inteligente... Final tocante de verdade! Beijo grande!

moacircaetano, todo prosa! disse...

Com Ana, quem precisa de Bundchen?

Tanara disse...

munita Ana...


.

Juliana Marchioretto disse...

Múcio, atualiza isso aqui, vai....

bjos

Márcia(clarinha) disse...

carinho meu procê
beijosssssssss

fabio jardim disse...

como sempre, sempre!
é terminar de ler sua poesia e "uau!". de imediato.

clarice ge disse...

será que meus zóinhos nunca perceberam estas traversuras frente ao mar ou será que elas recém se aprochegaram?
1 abraço

Nuvem disse...

Olá Múcio,
Sou amiga carioca de Thi.
Só pra dizer que amei seu blog, seus poemas são lindos!
Parabéns!

Ah, eu me chamo Ana. Pense como gostei do 'mundana'. =D

abraços!

Nanna. disse...

Queridinho, tem um desafio pra você, lá no blog... Chega lá! Risos!

Beijinhos!
:))

Valéria disse...

é quase um fica ana! fica!
beijo

Remo Saraiva disse...

Muito bom!!
Genialmente "anístico"!! rsrs