domingo, 6 de fevereiro de 2011

poemoon




a lua é um poema
para ser lido
de trás para frente


calma,
minha, nossa, flutua
assim tão satelitemente


a lua é um poema
leia quem sente




8 comentários:

Í.ta** disse...

sente quem a lê.

ótemo poema.

abçs

Flá Perez (BláBlá) disse...

tava com saudade!

bjbjbj

Cynthia Lopes disse...

como sempre: genial!
bjusssssss

Lara Amaral disse...

Muito, muito belo! =)

Tucha disse...

Amei o poema, gosto de contemplar a lua em todas as fases.

Sandra Regina de Souza disse...

Eu, lunática! Olho pra lua quando quero olhar pra vc! Amo-te.

epee disse...

A lua, ora testemunha, ora cúmplice... dos amantes. E do amados. E do amor. E na hora da dor, confidente.
¬

Patrícia Rocha disse...

Adorei esse poema! Gostei muito do seu Blog :)

Já estou te seguindo, depois passa no cantinho Lunático.

http://patriciarcassimiro.blogspot.com/

Beijos Estrelado :*