quinta-feira, 9 de setembro de 2010

mimo para Mendelssohn




não sei
se a emoção
me embaralhou a vista

mas
veja você
e você veja

que
ao sair com meus irmãos
para me divertir

vi chorar um pianista
numa igreja


3 comentários:

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Foi mais um mimo para mim, para nós, de perfeito que é, meu poetamigo tão querido!

Muitos beijos,

;**

J.F. de Souza disse...

belíssimo, meu caro!

1[]!

fluorescências germinais disse...

sem palavras... belíssimo´poema, múcio! abraço!