terça-feira, 21 de julho de 2009

de sol ver


tudo
em minha volta
se demove

quando
o teu olhar
de sol

o meu
dissolve



13 comentários:

Kakau disse...

Lindo!

Raquel disse...

pequeno, direto e certeiro, hehehe
tudo segue como sempre deveria ser ;)
Bjokas!!!

Rayanne disse...

Mudez literária, Múmeu?

Há!

Ai quem me dera!
Essa taça de vinho,
me cala,
tua palavra
me enleva!

Amo.

**Estrelas**

Cynthia Lopes disse...

UAU! Lindo Múcio...
bjs

Anne Baylor disse...

Delícia de coisa!!!!

=]

Paulo Viggu disse...

Que os olhares de sol nos vejam, e nos levem. Abraço poeta-irmão - Paulo Viggu

Paco disse...

derreteu na boca que nem chocolate no sol.

adorei.

Sandra Regina de Souza disse...

teu verso aquece
e move
minha pobre estrofe:
devolve!!
bjo

Tina disse...

Oi Múcio!

Ah... que lindo, que delícia escrever / amar assim.

beijos meu querido,

Monique Frebell disse...

Que lindo!
Amo frases às avessas, travessas...

Bjus!

Alex Pinheiro disse...

traversuras só é bom se for "depontacabeça" rs...

Se encontra olho assim,,, é pirigôso calamidade, mininu! :)

Abraços e astronômicas invenções!

André Lasak disse...

Sou fã do seu poder de síntese, meu...

ABRAÇÃO!

André Lasak disse...

Porra! Agora que vi que não tinha seu blog lá n'A Máfia. Acabo de incluir.