terça-feira, 31 de março de 2009

flash



ultimamente
a vida tem andado
como se tudo
fosse ontem.

será
que Deus
andou acelerando
as ventanias,

ou,
imitando pássaros,
assim
tem passado

os nossos dias?




11 comentários:

Márri disse...

pássarinhando por aqui...

Leio, absorvo, torno-me poema.

Michelle disse...

mto bão!

O'Franck disse...

Múcio,

sua poesia é forte e massa.

abço.

Kakau disse...

Também gostaria de saber.


Beijos

aline disse...

se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei. não sei se fico
ou passo.

sei que canto. e a canção é tudo.
tem sangue eterno a asa ritmada.
e um dia sei que estarei mudo:
— mais nada.


(cecília meireles)

beijo, amor.

Amanda Proetti disse...

Te achei perdido entre poesias e amores num cantinho bem dentro do meu coração, o da Marlinha! E vindo dali, só podia mesmo ser coisa muito fina! To deslumbrada! PARABÉNS pelo trabalho!
Beijos!

Ana Gotz disse...

Eles passarão e eu passarinho, como diria o poeta.

J.R. Lima disse...

.
Será que a vida está correndo, ou os olhos estão lerdos?

Um abraço!
.

Eduardo Trindade disse...

Ora... Quem sabe o rumo das tempestades e dos ventos?
Tudo o que podemos é vivê-los.

Abraços!

Rayanne disse...

E nesse passo pássaro,
Seguir singrando sonhos
Como se os dias quizessem ser enfadonhos
Na solitude de cá do compasso.

É uma vida curta,
'inda acho.

**Estrelas, amado**

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Lindo, lindo!

Beijos, Múcio :)