terça-feira, 7 de agosto de 2007

de vagar


                     eu quero
rever meus atos,
tapar as frestas,
rasgar retratos,

hoje

eu quero mudar
os meus costumes,
queimarei meu diário,
adeus, cardumes!
vou trocar
meu velho aquário
por uma nuvem
de vaga-lumes.

foto: francisco garret.


22 comentários:

Déa disse...

Querido, hoje você conseguiu fazer o que eu mais ando precisando: colocar um sorriso no meu rosto. Um beijo no coração e obrigado

Poeta Matemático disse...

Cara,

Eu já te disse que sou teu fã...

Tu é foda, foda mesmo...

"Vou trocar meu velho aquário por uma nuvem de vagalumes..."

Sempre vou carregar isso comigo..

Parabéns

Sônia Marini disse...

Adorei a imagem "trocar um velho aquário por uma nuvem de vaga-lumes"!
O Pulsar foi indicado para concorrer a BLOG 5 ESTRELAS. Devo indicar outros 5 e o seu não podia ficar de fora. Dê uma passadinha por lá, para ver como funciona.
beijos

Rayanne disse...

Poetamado,

Troca cardumes por vagalumes,
Noite e dia,
só não troca as estrelas que eu bordei prá você.
É que a tua palavra merece abre-alas!!!

Amor, como pode alguém ser tão doce e tão querido???

Amo.

***Estrelas de rramam**

Valéria disse...

é engraçado pensar nas nossas fases... quando adolescente eu amava peixes... tudo meu era peixe...
hoje eu adoro seres voadores...
e pensando assim, com você... é um desejo de... avoar? rs
beijo

Leandro Ferreira disse...

pode-se trocar muitas coisas,
outras continuam as mesmas,
Mio túcio:
sem barreiras poéticas!

:**

Elza disse...

Olá!!
Estou passando por aqui para dar meus parabéns
pela sua indicação, ao prêmio blog 5 estrelas!
Seu blog é muito original, parabéns 2x!
rsrs..
=]

Márcia(clarinha) disse...

que os vaga-lumes iluminem seu caminho
carinho meu procê, poetamigo
beijos

Little Girl Blue disse...

Muito lindo. Outro dia, vi muitos vaga-lumes na praia...

Abs!

Andréa Weber disse...

oie! é a primeira vez que venho ao seu blog e adorei!!! Vou estar sempre aqui pra acompanhar tuas palavras, grande beijo

http://livingbehindthescene.blogspot.com

diovvani mendonça disse...

Que imagem, meu caro... Putz!!!Vaga-lumes, no aquário-terra.
^^^Abraço^^^

diovvani mendonça disse...

Eh.. e "nóis", também dentro dela.

Camiseta Personalizada disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Se você quiser linkar meu blog no seu eu ficaria agradecido, até mais e sucesso.(If you speak English can see the version in English of the Camiseta Personalizada.If he will be possible add my blog in your blogroll I thankful, bye friend).

Tina disse...

Oi Múcio!

Também quero: pelo menos metade disso... Aliás, acho que ando querendo, querendo... e depois voar.

Obrigada por dividir versos assim: faz toda a diferença.

beijos querido,

PS: Ando sumida por razões que só o Blogspot e a Telefônica explicam.

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Ah, Múcio, eu também quero isso tudo... Mas tu dizes de uma maneira maravilhosa!
Lindo, lindo!!!

Beijos :))

sobrinha disse...

" [...] voava, porém, a luzinha verde, vindo mesmo da mata, o primeiro vagalume. Sim, o vagalume, sim, era lindo! - tão pequenino, no ar, um instante só, alto, distante, indo-se. Era, outra vez em quando, a Alegria".

:)

onde foram parar os novos versos?
;P
:*

Camila disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
sobrinha disse...

quase me esqueço de creditar Guimarães Rosa. :P
:)

Alê Namastê disse...

Lindo!

Pedro Pan disse...

, nuvem de vaga-lume alumia qualquer canto...
, abraços meus.

Sandra Regina de Souza disse...

E fico com o brilho do seu poema acendendo versos!! (indiquei seu blog para o cuncurso Blog 5 Estrelas, apesar de saber que vale toda uma cosntelação!) beijos

Márcia(clarinha) disse...

passando pra deixar carinho que vai alumiar seu dia
beijos