terça-feira, 24 de julho de 2007

nossos nós


                        adoro
o meu silêncio
na tua voz,

cá entre nós,
                        entre
as macias sedas
de nossos lençóis,

quando somos

apenas um,
absolutos
no nosso lugar

comum.
 
 
foto: alberto viana d´almeida.



15 comentários:

Déa disse...

Te abandonei, não foi? Mas voltei e percebei que você continua magnífico. Parabéns e beijos

Anônimo disse...

Eu sempre venho aqui, e sempre saio encantada.

Saudades.

Um beijo!

Qualquer Ana.

Tina disse...

E esse "lugar comum" faz toda a diferença. Enleva e acrescenta.

beijos querido: ler você faz toda a diferença. Simples assim.

Márcia(clarinha) disse...

eu adoro admirar em silêncio o seu poetar...
noite boa poeta
beijos

Juliana Pestana disse...

Adoro...
a docilidade com que você conta estórias e doa um amor tão leve...

bjos meus.

Ivã Coelho disse...

Poeta,

que é que devo dizer?

Vou lendo, vou lendo, cada post um sentimento e mil sensações.

Fartas suas imagens e seus tons.

Sempre.

Abçs e sucessos

alex pinheiro disse...

cá entre nós,
vejo duas metades
no estar metade
formatando um inteiro
em lugar do que é comum
ou absolutos formatando um
ou absolutos em lugar comum
com(um)
...
Belas palavras tenho lido acá Múcio Góes,,, essa fotografia chocou,,, muito bom estar aqui mobilizando meu tempo...

Abraços e inteiras invenções!

André L. Soares disse...

Maravilha. Belíssimo conjunto de poemas. Vou linkar seu blog ao meu, para poder voltar aqui sempre e ler mais. Grande abraço!

Antônio Alves disse...

Maravilha, nunca vi um laço tão apertado. A la marinheiros. Abraços!


Antônio Alves
No Passeio Público
Postagens às quartas e domingos

moacircaetano, todo prosa! disse...

Simplesmente inspirador!

Leandro Ferreira disse...

belo-múcio...
na junção perfeita do inseparável!


bjão

Menina do Reggae® disse...

Lindo.

passa para tomar um café.

Au Revoir

diovvani mendonça disse...

Putzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz!!!"Captei sua mensagem, digníssimo mestre!!!".
AbraçoDasMinas.

Sandra Regina de Souza disse...

Absolutamente maravilhoso!! Adoro o "lugar(in)comum dos seus versos!!!!! beijos

Sônia Marini disse...

Lindo poema.Daqueles de ler, reler e ficar com o olhar vagueando lá por cima. E os outros também. Adorei. Fui completamente fisgada pelo TRAVERSURAS.
abraços