terça-feira, 27 de setembro de 2011

querênça



[dos poemas que te fiz e nem sabia]

quero
o silêncio
e a calma de uma solidão
ao seu lado

quero
a alegria
e a loucura de um coração
descompassado

quero o temor
e a ternura
o calor e a doçura
e tudo o que a cor tecer

quero
a paz de uma guerra

com você 

.

Um comentário:

Mar Azul. disse...

Eu estou com você,sempre...

Beijo.