domingo, 20 de dezembro de 2009

teledrama




busco
o fio da meada
acordado
olhos no teto
da madrugada

nunca
me encontrei
tão sozinho
entre as estrelas
e o meu umbigo

vai ver
no final dessa novela
ainda acabo

comigo






12 comentários:

Anna Flávia disse...

Haha, muito bom! :)

Beijo.

Simplesmente Outono disse...

Passo para desejar um Natal na magnitude do teu mereciemento.

Desejo ainda que 2010 seja um ano repleto de sonhos realizados, de amizades fortalecidas, de amores vividos.

Permaneço afastada das letras por motivos que indepedem da minha vontade.

"É impressionante a força que as coisas parecem ter quando elas precisam acontecer". Permeada verdade com uma intensidade que jamais pensei suportar.

Deixo-te minhas folhas com o mesmo carinho de sempre ressaltando a saudade do nosso contato.

Simplesmente Outono.

Cynthia Lopes disse...

Oi Múcio, passei para deixar o meu desejo de um Feliz Natal, bjs

ANTONIO DE TODOS OS CANTOS disse...

Ai que tentação!!!

oi só...

"Entre as estrelas
e o meu "comigo"...

Vai ver
no final dessa novela
acabo

Co'umbigo!...

(Prazer, eu sou Antonio de Todos os Cantos" um chato de SP amigo de sua amiga...Debora Birck

Parabéns!

alex pinheiro disse...

Sempre genial o querido Góes,,, orgulho de tê-lo conhecido... orgulho!

Bjo na alma, poetamigo!

octavio roggiero neto disse...

diz tanto,
profundo,
distante
do instante
do mundo.

FláPerez (BláBlá) disse...

Vc tá no lugar do Leminski na minha loucademia universal de letras

Nadja Reis disse...

Múcio como sempre arrasando!!

Sou sua fã! \o/


bjoss

Nadja Reis disse...

sou do:

http://absolutamenteeu-nadja.blogspot.com/

J.F. de Souza disse...

vai ver
no final
(me) acabo
e(m) nada

susannah disse...

Acabei entrando aqui e gostando muito do que li. Sua poesia tem um ritmo que canta e um olhar lúdico para a vida, sem falar do toque de ironia delicioso.

Bjs!

Pedro Pan disse...

, e como anda os capítulos de a novela? versos, rimas, melodias... poesia!
, abraços meus.