segunda-feira, 14 de setembro de 2009

...


sempre
que me procuro

eu
me acho

como
nos definiu heráclito

sempre
que me procuro

eu
riacho



9 comentários:

Cynthia Lopes disse...

Como sempre criativo e supreendente! bjs

Mary disse...

adoro!

:*~

Paulo Viggu disse...

Riachos, rios e mares nos levam, com direito a parar no mangue. Abraço-irmão - Paulo Viggu

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

Desde mis BLOGS:

--- HORAS ROTAS ---

y

--- AULA DE PAZ ----

quiero presentarme

en esta nueva apertura

del eminente otoño.

Tiempo que aprovecho

ahora para desear

un feliz reingreso en

la actividad diaria.

Así como INVITAROS

a mis BLOGS:

--- HORAS ROTAS ---

y

--- AULA DE PAZ ----

con el deseo de que

estos sean del agrado

personal.

Momentos para compartir

con un fuerte abrazo de

emociones, imaginación y

paz. Abiertos a la comunicación

siempre.


afectuosamente :
TRAVERSURAS







--- TE SIGO TU BLOG :

TRAVERSURAS ---













jose

ramon…

Úrsula Avner disse...

Olá poeta, cheguei ao seu blog através do Maria Clara..., do qual faço parte a convite da Hercília. Amei seu estilo de escrita poética e passo a acompanhar seu trabalho. Um abraço.

Hercília Fernandes disse...

... e, sempre que procuro boa poesia, aqui encontro.

Belo, Múcio!

Venho lendo os seus poemas e não resisti: inseri uma de suas escritas em post contextualizado lá no blog "Maria Clara: simplesmente poesia" - como acenou a querida poeta Úrsula. Não sei se recebeu o e-mail-notificação...

Com tempo para leitura, segue o link:

http://mariaclara-simplesmentepoesia.blogspot.com/2009/09/postagem-simplesmente-poesia-12.html

Saudações poéticas,
H.F.

Cel Bentin disse...

na veia, do rio;
nas pistas,
de toda gente.

Abraço!

Sandra Regina de Souza disse...

Águo em profusão e transbordo...
beijo

Muryel De Zoppa disse...

otimo poema, comunista!