domingo, 30 de agosto de 2009

nuit no ar



esperamos
por você
a noite inteira

eu
a saudade
e um moet chandom

na geladeira

12 comentários:

Anônimo disse...

Sabia que vou morar perto de ti?

Saudades nossas!

Um beijo!

Qualquer Ana.

Sandra Regina de Souza disse...

Inebriante! Senti até o buquê! Eu e a felicidade estamos à sua espera!...rs... beijos

Rayanne disse...

owwwwwwwwwww!!!!

ESPERAMOS!

**Estrelas**

Cynthia Lopes disse...

Ai que triste prá ti, mas eu adorei os versos! bjs

* hemisfério norte disse...

e
MORrangos
A

bj
a.

Tucha disse...

Delícia... mantenha a bebida gelada e as mãos quentes... Há de chegar!

Paco* disse...

não economize bebida com os amigos que tem, moi em especial! ahahaha

a saudade não é de mim, não posso resolver seu problema, mas sei umas piadinhas boas.

=)

Leandro Jardim disse...

sempre essa efervescente delícia!

Alex Pinheiro disse...

É bem verdade que quando a chuva não para, e tem um buraco em meu ninho criativo, eu vou buscar sua letra. Obrigado por aguentar esse mundo, Múcio. Você é mágico!

Abraços e publicitárias invenções!

Tina disse...

Oi Múcio!

Doce a espera que se torna triste...

Saudade daqui e de seus versos lindos.

beijos querido,

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Lindo, lindo, lindo!
O meu stock de adjectivos é sempre pequeno quando leio os teus poemas.

Múcio querido poeta, saudades de ti...

Beijos.

Francisco Nery disse...
Este comentário foi removido pelo autor.