terça-feira, 13 de novembro de 2007

apelo à pele


                    baby,
nosso deslize
merece reprise,
baby, agilize,
faça seu marco
na minha marquise,
pise com força,
baby, barbarize,
[sem crise]
me faça um verso,
verbalize,
ponha o dedo
na ferida,
baby, cicatrize,
venha com calma,
take it easy,
chegue
no meio da noite,
não me avise,
levante meu lençol,
baby,

e deslize.


foto: francisco reis.

22 comentários:

alex pinheiro disse...

Porra, Múcio,,, muito bom isso aqui por hoje,,, eu viajei na Adriana Calcanhoto cantando essa... Belo!

Abraços e sentimentais invenções!

Márcia(clarinha) disse...

é música boa...
carinho meu procê poetinha
beijos

Tina disse...

Oi Múcio!

Coisa boa de ler...

beijos querido, saudade.

Sandra Regina de Souza disse...

Nesse ritmo de amor moderno... alucinante! Barbarizante! rs
beijos

Leandro Jardim disse...

Esse Múcio é de purinho chocolate:
bonde mais!


Abs
Jarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrdineirrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrro

clarice ge disse...

sempre múcio
múcio sempre
tu és maluco de bom
carinho meu

Octavio Roggiero Neto disse...

se se chamar Bárbara,
que te barbarize!
mas se duvidar,
a "baby" se chama Denise...
seja com quem for,
se for com amor,
que este sonho se concretize,
te faça risonho e te realize!

abraço forte, Múcio do coração!

Mary disse...

O Alex viajou com a Calcanhotto e eu viajei com o Zeca Baleiro! Ele precisa cantar isso! :P

E você sempre arrasa no final! O que foi esse convite? Perdi o fôlego!

Amo!

;****

hemisfério norte disse...

andava eu à procura de quem escrevesse certo mas às avessas, só pr ver se encontrava Deus. Não o encontrei, creio q hoje ele está noutro blog.
mas não foi em vão a caminhada, adorei este espaço
:)
bjs de Portugal

Hipacia disse...

Adorei esse poema. Contemporâneo sem ser simplório. Obrigada pelo comentário. A Hilda Hilst diz algo parecido: "ficar, nem que seja a marteladas, no coração do outro" ou algo assim...
Até mais!

Aline disse...

pois baby na tua voz será reprise.

Amo!

dockinha disse...

eu só venho no dia mais que certo! :)

LINDO!
:*

fabio jardim disse...

é vir aqui e aprender.

IsaBellinha disse...

Baby, realize!

Sempre surpreendente Tio Múcio, que maravilha lugar!

* hemisfério norte disse...

eu hei-de chegar a presidente, não de Portugal, mas do MUNDO. Aí eu legislo que quem escreve assim como vc terá que ter essa obrigação diária.
Não tem jeito vir aqui e não ver nada q vc escreve tão bem.
rsrsrs
:)
bjs de Portugal
p.s. - tenho um outro espaço se quiser vai ver e pode ser duro nas criticas pq eu estou a começar e preciso aprender

Rayanne disse...

Saudade da irretocável e inigualável musicalidade desses versos que te adulam, poetamado!

**Estrelas**

paulo vigu disse...

Musical e visceral. Ótimas nuances. Abraço no dono daqui.

Déa disse...

Eita que esse poemae cheio de vontade de... Você sabe... Beijos

Rodolfo disse...

Ótimo!
bonito, tem uma musicalidade latente aí, e uma poesia intensa.
Parabéns!

diovvani mendonça disse...

Esse, literalmente esquentou a imagem - chuviscou. Nossos comerciais, por favor!!!

~^^ ~Abraço~^^ ~

A czarina das quinquilharias disse...

arrasou, mu!

Lubi disse...

Uau, Múcio.
Uma poesia que é totalmente música. Lindo.
Um beijo.